O problema dos débitos automáticos

O cartão de crédito da minha mãe idosa foi recentemente comprometido. Isso exigiu que ela transferisse todos os seus débitos automáticos para um novo cartão de crédito.

Isso, por sua vez, levou-a a reavaliar várias cobranças de gastos mensais. Sua conta de TV a cabo, por exemplo, subiu mais de 15% nos últimos dois anos. Minha mãe reclamou que, mesmo que ela tenha muitos canais, ela só assiste TV aberta. Ela largou o pacote de TV a cabo.

Como ela adicionou as informações de pagamento automático ao seu novo cartão de crédito, percebeu outro serviço que não precisava mais. Ela tem um relógio da Apple, o que lhe permite pedir ajuda de emergência se ela cair. Isso significava que ela não precisava mais do serviço de socorro médico para o qual ela assinava.

Você tem muitas contas em débito automático? Será que precisa de todos esses serviços? Veja porque as empresas adoram esse método de pagamento.


Sem dúvida, há muitos benefícios em configurar pagamentos automáticos, incluindo facilidade de uso e evitando multas por atraso. Mas, a menos que sejam gerenciados adequadamente, esses débitos automáticos podem causar problemas e desperdiçar fundos.

As empresas sabem que os consumidores são mais negligentes ao revisar suas contas com débito automático e tendem a manter os serviços por mais tempo. Renovações automáticas anuais podem nos surpreender e - a próxima coisa que sabemos - somos cobrados por um ano inteiro. Minha mãe, como muitos de nós, presta mais atenção às contas que exigem que ela faça um pagamento avulso.

Quer poupar dinheiro e evitar problemas com os seus pagamentos automáticos?


Siga estes sete passos:

  1. Faça uma lista. Crie uma lista abrangente de suas diversas cobranças de débitos automáticos, juntamente com as informações de contato de cada empresa. Isso ajudará você e seu executor.
  2. Revise. Olhe sobre cada débito regularmente. Verifique para ver se a conta subiu. Meu plano de saúde aumentou 12%. Quando questionei o aumento, ele foi removido. Gostaria de saber se eles adicionaram essa taxa a todos os membros da lista de débitos e esperaram para ver quem iria notar.
  3. Coloque no papel. Se não houver custo adicional, pense em receber uma cópia impressa como lembrete para revisar essas cobranças.
  4. Renegocie. Considere questionar as contas que subiram. Muitas vezes, um acordo melhor fica disponível, se você perguntar.
  5. Reavalie. Decida se você deseja continuar o serviço. Um dos meus clientes de planejamento financeiro pagou automaticamente por uma academia, que ela usou apenas duas vezes no ano passado. Ela ainda espera se exercitar. Mas, por enquanto, ela suspendeu sua participação.
  6. Atualize. Quais contas você está pagando? Você ainda está pagando seguro de carro ou serviço de celular para seus filhos adultos por escolha - ou por causa da inércia?
  7. Verifique o financiamento. Certifique-se de que há sempre dinheiro suficiente em sua conta corrente para cobrir suas despesas de débito automático, ou as taxas de cheque especial negarão as vantagens.


Receba por e-mail as atualizações dos Blogs de Finanças Estrangeiros clicando nesse link


...e, se gostou do texto, compartilhe-o usando o símbolo abaixo

Comentários