Em quem confiar quando investir

Gostemos ou não, vivemos em um mundo moderno e hiperconectado. Sempre ligado, sempre conectado a cada momento. O consumidor médio é constantemente informado sobre o que comer, o que vestir, como pensar, como viver e onde investir. Não é de admirar que “notícias falsas” sejam tão comuns.

Nós tentamos nos convencer: “Ei, eu sou um pensador livre. Eu não sou influenciado pela mídia!”. Mas é muito mais provável pensar que somos sim influenciados pelas vozes mais convincentes ao nosso redor -  influenciadores que sabem como manipular as fraquezas da nossa psicologia humana.

Em quem você realmente confia para receber conselhos financeiros?

Saber em quem confiar não é mais tão simples quanto um firme aperto de mão e uma boa reputação boca-a-boca. Especialmente quando se trata de aconselhamento. Especialistas na TV, celebridades, consultores financeiros, blogueiros, gurus de investimento, até mesmo membros da família... Todos esses influenciadores podem ter um efeito poderoso sobre a forma como pensamos e controlamos o nosso dinheiro.

Ouça o conselho certo e você poderá encontrar rapidamente sua liberdade financeira. Escute o conselho errado, e você pode se ver trabalhando bem além da idade de aposentadoria tradicional.

Então, em quem você realmente confia para investir em conselhos?

Não confie em mim


Parece que todos oferecem conselhos de investimento nos dias de hoje. Eu inclusive. Neste blog você encontrará muitos conselhos sobre investimentos - e muito disso é bem pouco convencional.

Não confie em mim, eu não sou convencional. E não me importo de não ser convencional. Eu cheguei onde estou hoje sendo estranho. Eu não sou seu blogueiro de finanças pessoais tentando vender um livro, fazer com que você se inscreva em um cartão de crédito ou, de outra forma, criar um esquema de "ficar rico rapidamente".

Eu simplesmente acredito nos juros compostos e em ficar rico lentamente. Isso provavelmente não é o que você está procurando.

Há três anos comecei este site porque queria deixar um pequeno conselho de investimento para meus filhos. Algo que meus filhos poderiam um dia ler e realmente confiar. Essa ainda é minha missão atual.

O problema é que as crianças raramente querem aprender com os pais. Eles preferem seguir seu próprio caminho. É da natureza dos adolescentes rebeldes fazerem alguma rebelião e deixar a vida ensinar as lições reais. Essa é uma escola de duros golpes.

Eu só quero que meu conselho esteja aqui quando meus meninos estiverem finalmente prontos - não importa quanto tempo leve. Quando eles finalmente foram maltratados o suficiente pela vida, minhas palavras estarão aqui.

Não confie nos gurus financeiros


Uma das fontes mais comuns de aconselhamento sobre investimentos vem dos chamados "Gurus". Indivíduos que se estabelecem como autoridades sobre um determinado assunto e obtêm lucros de seus seguidores. É uma história antiga que existe há séculos.

Criar autoridade é um dos principais métodos usados ​​para persuadir as pessoas. Geralmente é simplesmente usado para lucro. Os gurus de investimento normalmente obtêm lucro vendendo livros, oferecendo cursos de investimento ou caros seminários de fim de semana sobre "como investir".

Robert Kiyosaki é um desses gurus de investimento. Ele é escritor de livros, como a série “ Pai Rico Pai Pobre ”. Kiyosaki também lucra com a venda de assentos em seus seminários de investimento que ensinam as pessoas a "ficarem ricas", investindo em negócios imobiliários alavancados.

Eu até li o livro “ Pai rico, pai pobre ”. Ele vendeu mais de 58 milhões de cópias e, na verdade, não foi tão terrível. O problema é que o conteúdo é provavelmente falso. Táticas de vendas sorrateiras em seus seminários e a incapacidade de provar que muitos dos negócios imobiliários descritos em seus livros deixavam Kiyosaki em sérios problemas.

A verdade é que Kiyosaki ganhava a maior parte de seu dinheiro vendendo livros e fazendo seminários, e não fazendo negócios lucrativos como aqueles sobre os quais se orgulha. Ele simplesmente vende um esquema de "enriquecimento" para se tornar rico.

Depois de vários processos judiciais coletivos e dois relatórios investigativos da CBC Canadá, a Rich Kildosi, empresa de Kiyosaki, entrou com pedido de falência em 2012. Apesar da falência e de uma reputação manchada, a Kiyosaki ainda vende esse fraudulento “Pai Rico” até hoje.

Para quem quiser ouvir.

Meu conselho sobre Gurus é simples - não dê ouvidos a eles. Mais frequentemente do que não, eles estão apenas vendendo alguma coisa. Eles quase certamente não ficaram ricos comprando o que estão vendendo hoje. Nem você.

Mais frequentemente, pessoas extremamente ricas não oferecem conselhos de investimento. Eles ganham dinheiro de outras maneiras. Existem alguns bilionários que escrevem livros (como Richard Branson), mas esses livros geralmente não são sobre investimentos.

Freqüentemente, eles escrevem sobre como eles construíram seus negócios - A verdadeira fonte de sua riqueza.

Não confie em consultores financeiros


Muitas pessoas usam consultores financeiros para ajudá-las a tomar decisões de investimento hoje. Com uma licença (obtida ao fazer o teste da série 65 ou 66) e três cartas extravagantes após o nome, os consultores financeiros certamente parecem ser confiáveis ​​conselheiros financeiros (N.T.: processo necessário nos EUA, o equivalente ao nosso CNPI).

Infelizmente, na minha experiência, os consultores financeiros não são melhores que os gurus. Em alguns casos, eles são ainda piores.

Como eu sei disso? Algumas experiências pessoais muito ruins.

Meus pais já foram vítimas desses conselheiros financeiros. Eles perderam centenas de milhares de dólares no processo de ouvir esses chamados “conselheiros licenciados”.

Ele lucrava com a venda de fundos mútuos carregados de alta taxa. Depois, ele os transferiu para outros fundos quando esses fundos tiveram desempenho inferior. Então ele vendeu títulos pelos quais ele ganharia uma comissão (encoberto nas letras miúdas, mas sua firma ganhava pesadas taxas pela mudança desses títulos). E assim por diante.

O consultor fez isso e muito mais - movimentando suas contas repetidamente para receber as taxas que almejava. Tudo em nome de "bom conselho".

Uma vez que eu soube, é claro que eu acabei com isso. Eu fiquei indignado. Não há absolutamente nenhuma razão pela qual alguém deveria estar vendendo fundos mútuos carregados de front-end que estão obviamente com desempenho ruim no mercado hoje em dia.

Na última década, as contas de meus pais se saíram horrivelmente. Sem dúvida por causa do lixo que este consultor financeiro os empurrou para dentro. Durante esse período, eles tiveram um desempenho muito inferior a um índice simples.

Toda a falcatrua ficou encoberta para que meus pais não descobrissem, e eu demorei anos para poder retirar seus fundos daquele vampiro financeiro. Foi uma situação doentia, e definitivamente reforçou meus sentimentos contra consultores financeiros.

Na minha opinião, eles atacam os idosos e não são instruídos. A menos que você seja significativamente educado em finanças pessoais, você nunca saberia que eles estariam roubando seu dinheiro.

Sim, algumas pessoas veneram os consultores financeiros. Mas eu não. Eu vi o dano que um CFA pode fazer, de perto e pessoal. Não é bonito.

Cultive uma opinião embasada


O fato é que ninguém realmente se importa com o seu dinheiro além de você. A maioria das pessoas simplesmente quer levar seu dinheiro. Não confie em ninguém além de você mesmo.

VOCÊ é a única pessoa que vai transformar o seu dinheiro em mais dinheiro. Educar-se é o único caminho que vai acontecer. Ponto final.

Sim, vai levar tempo. Sim, talvez seja necessário ler alguns bons livros. Não pare apenas em alguns livros. Leia constantemente. Aprenda constantemente. Desligue as cabeças falando o que o mercado fez hoje. Em vez disso, leia o Wall Street Journal. Leia um prospecto financeiro. Leia relatórios anuais. Leia blogs de investimento. Leia tudo o que você pode obter em finanças.

Eventualmente, algumas delas começarão a fazer sentido. Você começará a aprender como e por que as pessoas ganham dinheiro investindo. Você aprenderá a verdadeira natureza dos mercados e descobrirá a diferença entre investir e especular. Você pode até aprender como ser um fazendeiro e não um caçador.

Com o tempo, você também começará a perceber que muitas das grandes ideias em finanças pessoais entram em conflito umas com as outras. Dentro da simplicidade, existe uma vasta complexidade.

Isso é o que significa cultivar uma opinião embasada. Para construir uma profundidade de compreensão. Saber onde o conhecimento e a teoria terminam e onde o mundo real começa. Saber que nenhuma estratégia de investimento funciona perfeitamente em todos os tipos de mercado. Saber o que funciona e o que não funciona.

Este é o único conselho de investimento que você deve ouvir - eduque-se.

E então, tome sua própria decisão.

by Mr.Tako Escapes

Receba por e-mail as atualizações dos Blogs de Finanças Estrangeiros clicando nesse link


...e, se gostou do texto, compartilhe-o usando o símbolo abaixo

Comentários