5 erros sobre investimentos e como evitá-los

Quando você comete um erro no dia a dia, você geralmente tem a oportunidade de corrigi-lo rapidamente. Se você derramar refrigerante no chão, pode limpá-lo. Se você queimar o frango que você está assando para o jantar, você pode pedir comida por um aplicativo. Na grande maioria das coisas, a maioria dos deslizes tem consequências temporárias, na pior das hipóteses.

Mas quando você cometer um erro de investimento, ele pode assombrá-lo por anos. O dinheiro que você perder ao pagar taxas desnecessárias ou ao escolher o mix errado de ações pode limitar o potencial de sua carteira, exigindo que você contribua mais para alcançar o mesmo montante ao final. Para quem está lutando duramente para economizar, isso pode nem sempre ser possível.

O dinheiro que você perder ao pagar taxas desnecessárias ou ao escolher o mix errado de ações pode limitar o potencial de sua carteira, exigindo que você contribua mais para alcançar o mesmo montante ao final.

É por isso que os investidores devem ter uma compreensão geral dos erros a serem evitados. Aqui estão alguns dos mais comuns.

Confira o prazo de resgate da contribuição de previdência da empresa


Se você tem um plano de aposentadoria em conjunto com seu empregador, você pode ser elegível para uma partida do empregador. Você geralmente tem que contribuir com parte do seu próprio dinheiro para se qualificar, e os empregadores geralmente contribuem com algo entre 50% e 100% do que você contribui.

No meu último emprego, meu empregador contribuía com 3% do meu salário se eu contribuísse com 6%. Durante esse tempo, minha contribuição de aposentadoria resultava em 9% no total, já que eu estava colocando 6% e meu empregador estava adicionando 3%.

O que esqueci de calcular foi o cronograma de aquisição do empregador, que determina quando as contribuições do empregador se tornam legalmente suas. Minha empresa tinha um cronograma de cinco anos para o desfrute, então a cada ano eu ganhava 20% do salário do empregador. Fiquei no emprego por pouco menos de três anos, o que significa que ganhei apenas 40% da contribuição da empresa.

Meu erro foi contar a partida de 3% como definitiva, esquecendo completamente o cronograma de aquisição. Se você está investindo principalmente com um plano de aposentadoria empresarial, certifique-se com cuidado ao calcular sua contribuição total. Se você sair antes de estar totalmente de posse das contribuições da empresa, você não terá tanto economizado quanto você pensou.

Investir de forma muito agressiva ou conservadora


Eu me formei na esteira da Grande Recessão e fiquei com um pouco de medo ao começar a investir. Eu tinha visto o mercado de ações despencar e as contas de aposentadoria de meus pais evisceradas, então parecia inútil investir meu suado dinheiro em investimentos. Não sou só eu - a maioria das pessoas da minha idade ainda hesita em investir.

Lembro-me de quando o consultor da previdência de minha empresa veio explicar o sistema a todos os funcionários recém-qualificados. Uma amiga minha, também com 20 e poucos anos, disse que estava desconfortável em investir em algo volátil, então ele recomendou uma mistura conservadora de fundos de títulos públicos. Mais tarde, quando ela mesmo fez as projeções futuras, percebeu que nunca seria capaz de se aposentar se escolhesse apenas fundos conservadores.

Quando você adota uma abordagem de investimento excessivamente conservadora desde o início, perde o potencial de crescimento. Você terá que contribuir com uma soma muito maior para alcançar seus colegas que decidiram investir de forma mais agressiva.

Ser muito agressivo também pode sair pela culatra. Se você for muito agressivo perto da aposentadoria, poderá perder uma boa parte do seu portfólio e não ter tempo suficiente para recuperar suas perdas.

Não diversificar corretamente


Quando os especialistas falam em investir para a aposentadoria, eles geralmente se referem a comprar um pequeno mix de fundos mútuos que lhe dá acesso a uma infinidade de ações e títulos.

Mas escolher esses fundos é complicado para quem não é um especialista. Se você não sabe o que está fazendo, pode acabar escolhendo ações que sejam muito semelhantes entre si - ou, pior, arriscar o destino de sua aposentadoria em um ou dois investimentos. Tal como acontece com muitas coisas, colocar todos os ovos na mesma cesta é uma má ideia.

Muitas pessoas investem demais em ações individuais e empresas de marcas favoritas. Quando você tem dinheiro em uma ação específica, você está confiando 100% no desempenho da empresa. Quando você compra um fundo mútuo, obtém acesso a centenas de empresas, de modo que o risco de uma corporação se sair mal é menor para seu portfólio geral.

Não investir seu dinheiro, na verdade


Alguns meses atrás, minha amiga Mary me fez uma pergunta: por que o seu fundo de aposentadoria mal aumentava, quando o mercado de ações estava passando pela maior alta da história? Ela estava economizando dinheiro em seu fundo desde que se formou na faculdade, mas não notava o enorme retorno que via no mercado.

Eu perguntei em que ela estava investindo, pensando que ela tinha colocado seu dinheiro em algo conservador como títulos públicos. Essa foi a única razão pela qual eu poderia pensar que explicaria por que ela não tinha retorno além dos dois dígitos. Ela respondeu: “O que você quer dizer com o que eu investi? Estou investindo na minha aposentadoria.

Mary pensou que quando ela contratou tal fundo, era como abrir uma conta poupança. Ela assumiu que o banco escolheria investimentos para ela.

Infelizmente, esse erro é mais comum do que você imagina. Eu vi muita gente investir e contribuir por anos antes de perceber que seu dinheiro fica em uma conta apática e não ganha juros ou dividendos suficiente. É como enterrar seu dinheiro no quintal e esperar que ele se multiplique.

Como evitar erros de investimento


A menos que você seja um especialista em investir ou tenha um grande interesse no assunto, provavelmente estará sobrecarregado ou inseguro sobre como evitar esses erros. Afinal, investir é como aprender uma nova língua ou dominar um instrumento - leva tempo para se tornar proficiente.

Para evitar cometer erros, encontre um especialista como um planejador financeiro certificado. Esses planejadores geralmente são fiduciários, o que significa que eles têm a responsabilidade ética de fazer recomendações de acordo com seus interesses. Eles geralmente não fazem uma comissão dos produtos que sugerem e cobram uma taxa por hora por seus serviços.

Você pode encontrar um planejador de taxa única através da Associação Nacional de Assessores Financeiros Pessoais.

Se você não quiser pagar por um planejador financeiro, você pode configurar uma conta de investimento de aposentadoria com um consultor robótico, como Betterment ou Wealthfront. Esses consultores robóticos analisam sua situação e usam um algoritmo testado para escolher investimentos para você. (N.T: EUA).

by Zina Kumok, MintLife



Receba por e-mail as atualizações dos Blogs de Finanças Estrangeiros clicando nesse link


...e, se gostou do texto, compartilhe-o usando o símbolo abaixo

Comentários