Três contribuições essenciais para seus problemas financeiros

Ah, problemas financeiros... Algo que a maioria de nós provavelmente já lidou de alguma forma ou ainda está lutando.

De qualquer forma, é algo muito comum e pode haver muitas causas para o motivo de você estar lutando com eles.

Claro, existem fatores na vida que não podemos controlar e outros que sim, quando se tratam de dinheiro. Infelizmente, você pode ter alguns incidentes na vida que podem ser financeiramente devastadores.

Mas, de todos os problemas financeiros que existem, acho que há três que são os principais contribuintes para minha geração (Millennials) e para os mais jovens.

Até mesmo algumas gerações mais velhas são afetadas por eles também.

O ponto é, a maioria das pessoas pode não perceber o quanto de um fator entre os citados podem ser a causa de seus problemas e si, que eles podem assumir o controle da situação.

Existem fatores na vida que não podemos controlar e outros que sim, quando se tratam de dinheiro. Infelizmente, você pode ter alguns incidentes na vida que podem ser financeiramente devastadores.    Mas, de todos os problemas financeiros que existem, acho que há três que são os principais contribuintes para minha geração (Millennials) e para os mais jovens.

Causas comuns para seus problemas de dinheiro


Antes de entrar nos três principais contribuintes para problemas financeiros, faz sentido comentar algumas causas comuns para seus bolsos vazios.

Ninguém gosta de se sentir estressado ou ansioso com suas finanças. Mas é a coisa mais comum que as pessoas e as famílias tendem a se preocupar.

Eu não cobrirei tudo aqui, mas estes são alguns problemas de dinheiro que vêm à minha mente e alguns com os quais eu já lidei pessoalmente:


  • Subemprego: Não possuir um trabalho suficiente para sobreviver
  • Desemprego: Perda de emprego e dificuldade em encontrar um bom trabalho
  • Grande quantidade de dívida com juros altos, seja empréstimo de estudante ou cartão de crédito
  • Não se preparar para a aposentadoria, seja por falta de conhecimento ou falta de dinheiro
  • Você não sabe onde está indo seu dinheiro, ou seja, não possui um orçamento
  • Nenhum fundo de emergência para situações inesperadas, como perda de emprego, doença, reparos domésticos, etc.
  • Gastos excessivos com uma casa, apartamento ou carro, assumindo assim mais dívidas
Como eu, você pode ter enfrentado alguns deles também. E há muito mais que pode causar seus problemas financeiros.

No entanto, há três coisas que eu acho que causam uma boa parte dos problemas da nossa sociedade e são áreas sobre as quais temos controle.

Compreendendo e corrigindo isso, pode estar preparado para os eventos incontroláveis ​​da vida que prejudicaram sua carteira.

Você tem uma mentalidade consumista


Tudo bem que você tenha a mentalidade de consumidor, na verdade, não é realmente sua culpa. Somos bombardeados com anúncios, seja pela televisão, pelo telefone, outdoors etc.

Por exemplo, especialistas em marketing digital estimam que a maioria dos americanos está exposta a cerca de 4.000 a 10.000 anúncios por dia! ( Forbes )

O problema é que, a menos que você aprenda a quebrar esse modelo mental e adotar a mentalidade de "investidor", você se verá gastando demais de forma desnecessária adquirindo novas coisas materiais.

Nós nos concentramos em itens para uso pessoal, que trarão apenas satisfação e felicidade temporárias.

Mas isso desaparece rapidamente, até a próxima novidade chamar sua atenção. Você já sabe, lendo isso, que um ciclo vicioso de gastos acontece.

Roupas, telefones, carros, computadores, videogames, etc. são coisas que podem ser compradas com moderação, mas esses itens se depreciam continuamente em valor e muitos tendem a substituí-los constantemente.

Muitas vezes é por impulso, excitação ao comprá-los, trazendo uma sensação de satisfação.

Sendo temporário, isso realmente torna a sua vida muito melhor? E o principal, isso pode realmente ser a causa de seus problemas gerais com o dinheiro.

Para começar a corrigir a mentalidade do consumidor, pare e pergunte: "Isso é algo que eu realmente preciso agora?" Durma, passe alguns dias, e você perceberá que não é algo que você precisa.

Você realmente precisa encontrar um tempo e checar como estão seus gastos nos últimos meses: o número pode ser chocante e será o alerta que você precisa.

Mídia social


É engraçado que eu inclua mídias sociais aqui porque eu trabalho em tecnologia em uma empresa da área.

Eu vejo as mídias sociais muito úteis para as empresas, na construção de uma marca e em seu marketing. Mas por outro lado, a mídia social pode prejudicar seus bolsos se você ficar se comparando aos outros.

A maioria das pessoas, na verdade perto de metade da população do mundo (3,03 bilhões de pessoas) estão em algum tipo de mídia social.

Por causa disso, amigos e familiares estão constantemente em seus feeds sociais, muitos exibindo novos carros, roupas, jantando fora, viajando, etc. Se você começa a se comparar com eles e possui um desejo de estar por cima atualizar e gastar dinheiro, tende a criar muita expectativas.

Você pode rir do que disse acima porque isso parece ridículo, mas conheço muitas pessoas que caem nessa armadilha e depois se queixam por falta de dinheiro.

Não se preocupe com o que seus amigos ou seguidores estão fazendo, gastando, dirigindo, etc. Tais comparações apenas lhe causarão ansiedade.

Metade do tempo esses amigos estão em dívida ou gastando dinheiro para viver sob uma fachada. E se você está tentando acompanhar esse estilo de vida, vai prejudicar suas próprias finanças. A chave é perceber e limitar sua mídia social se você acredita que não consegue ignorar essa situação.

" Muitas pessoas gastam dinheiro que ganharam ... para comprar coisas que não querem ... para impressionar as pessoas de quem elas não gostam. "- Will Rogers

Nota: O Millionaire Next Door  é um dos meus livros favoritos, que fala que as pessoas que têm menos problemas financeiros são aquelas que não parecem ricas. Muito boa leitura, eu recomendo.

Analfabetismo Financeiro


Por fim, o analfabetismo financeiro é uma grande razão para seus problemas financeiros atuais ou passados. Foi um que me afetou muito até poucos anos atrás, mas corrigir a situação fez uma enorme diferença.

Caso em questão: dois terços dos adultos americanos não passam em um teste básico de educação financeira.

Novamente, não é algo que eu necessariamente acho que é sua culpa, mas será se você reconhecer sua falta de conhecimento financeiro e não fizer nada sobre isso.

Aqui estão algumas estatísticas mais alarmantes deste artigo da Forbes :


  • 33% dos adultos americanos não têm nada economizado para a aposentadoria.
  • 38% das famílias dos EUA têm dívidas de cartão de crédito.
  • 56% dos adultos americanos têm menos de US$ 10.000 economizados para a aposentadoria.
  • 43% dos mutuários de empréstimos estudantis não estão em dia com seus pagamentos.


Por que não é sua culpa:


Não há educação financeira real em nossos sistemas escolares. Deveria haver um curso obrigatório no ensino médio e / ou faculdade que ajudasse a garantir o conhecimento de conceitos básicos. Isso pode incluir orçamento, investimento, previdência, cartões de crédito, empréstimos, etc.

É claro que, pensando no meu ensino médio, provavelmente teria ficado muito entediado.

Mas, novamente, isso pode começar a estabelecer as bases. Se seus pais não têm conhecimento ou possuem falta de interesse, eles também não são capazes de transmitir isso a você. É um ciclo sem fim.

Por que é sua culpa:


Embora a educação financeira possa não ter sido apresentada a você por meio da escola ou de sua família, você pode adquirir agora esse conhecimento.

Mesmo que você não goste ou saiba por onde começar, você tem acesso para assumir o controle e aprender.

A maioria das pessoas quer ser bem-sucedida em suas finanças, mas quando se trata de investir tempo para se ensinar, as desculpas aparecem ou a Netflix está esperando você.

Eu aprendi noções básicas de cartões de crédito, poupança e aposentadorias, mas não o suficiente para me preparar totalmente para investir com sucesso.

Mas a leitura de um monte de livros e a dedicação de uma ou duas horas por semana realmente tornou-me mais experiente financeiramente. E agora, muitas coisas são algo natural para mim, embora eu ainda esteja aprendendo todos os dias.

Meus problemas financeiros no passado e seus problemas atuais podem ser principalmente da falta de alfabetização financeira. Fique motivado para aprender e muitos de seus desafios financeiros podem começar a desaparecer.

Você concorda? Discorda? Deixe-me saber nos comentários abaixo 👇


by Todd, Invested Wallet

Receba por e-mail as atualizações dos Blogs de Finanças Estrangeiros clicando nesse link


...e, se gostou do texto, compartilhe-o usando o símbolo abaixo

Comentários